Home BREAKING NEWS 33 वर्षीय डॉक्टरने केले स्वतःशी लग्न

33 वर्षीय डॉक्टरने केले स्वतःशी लग्न

0
33 वर्षीय डॉक्टरने केले स्वतःशी लग्न
  • ब्राझीलमध्ये पार पडला अनोखा विवाह सोहळा
  • 33 वर्षीय डॉक्टरने केले स्वतःशी लग्न
  • डॉक्टरचा परिवार आणि मित्रमंडळींच्या उपस्थितीत पार पडला लग्नसोहळा
  • डायगो राबेलो या डॉक्टरचा व्हिक्टर ब्युनोसोबत 2019मध्ये झाला होता साखरपुडा
  • दोघांनी ऑक्टोबरमध्ये लग्नाची तारीख ठरवली होती
  • मात्र जुलै महिन्यात व्हिक्टरनं डायगोला सोडण्याचं ठरवलं
  • ब्रेकअपनंतर डायगोने गेल्या महिन्यात लक्झरी रिसॉर्टमध्ये स्वतःशीच लग्न केले
View this post on Instagram

A mim, Eu acredito que tudo seja vaidade. Tudo é efêmero e só o desconhecido, que procuro conhecer, me traz a paz em saber que Ele é eterno, Deus. E o que me liga a Deus se não a manifestação do amor? Por isso eu me desapego para ir ao encontro do criador. Eu me desapego de uma ilusão de felicidade, onde 1 + 1 = 1. Eu me desapego da ostentação, eu me desapego do orgulho e eu me entrego à humildade. Eu tenho a mim o que Nietzche afirma sobre “alegria trágica”, como aquele que celebra a vida porque ela é frágil, finita e sem sentido, ou seja, ser feliz, perdoar, acreditar, amar é uma escolha, e a nossa vida é feita de nossas escolhas, simples. Mas, Diogo, se a vida é sem sentido, qual seria o sentido disso tudo? Viver é perder-se. É preciso ter coragem para descobrir seu sentido. É preciso beber da vida para saber seu gosto. É preciso entregar as fichas para alguém e ser traído para saber o valor das suas fichas. A gente cresce na experiência, e quando me perguntares por que tatuei “pain" em meu braço, é para lembrar de que a evolução, infelizmente, vem com dor e choro. Chega um momento em nossa vida que para continuarmos é necessário largar nossos hábitos, vícios, lembranças e traumas para poder seguir adiante. E este ato simbólico de casar comigo mesmo é o meu ponto mais alto de expressão ao meu amor próprio. Eu aprendi que tenho o meu valor e que eu não preciso ser amado por ninguém para me sentir bem. E vou além: eu não preciso mudar minha personalidade ou o meu jeitinho de ser para que alguém possa ficar comigo. Eu descobri o meu valor e eu amo quem eu sou, eu amo a minha história, de onde eu vim, pelo o que passei, e tenho foco aonde eu quero chegar. E para finalizar, eu afirmo o meu maior desejo: que eu nunca deixe de acreditar no amor. Que eu perca a razão, que eu perca a cabeça, mas que eu não perca o amor. “É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã”, sim, hoje está sendo um dos dias mais felizes da minha vida, pois eu estou com as pessoas que mais amo nessa vida, celebrando o que poderia ser uma tragédia, mas fiz uma comédia 🖤

A post shared by Dr Diogo Rabelo (@drdiogorabelo) on

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

%d bloggers like this: